Eventos

Projeto Gerais Cultura de Minas apresenta Música Figurata em “Concerto Mulheres Barrocas”

Praça da Liberdade, 640, esq. Gonçalves Dias - BH

Auditório do Memorial Minas Gerais Vale

Entrada Gratuita

12 de julho – quinta-feira Horário: 19h


Homenagem às poucas mulheres compositoras conhecidas do barroco. Esta é a proposta do grupo Música Figurata na série de concertos que vem sendo realizada no Memorial Minas Gerais Vale – no Circuito Liberdade. Em sua 3ª edição, vozes e instrumentos se curvam ao repertório assinado pela italiana Isabella Leonarda (1620-1704), uma monja compositora, com apresentação no dia 12 de julho (quinta), às 19h. A entrada é gratuita e sujeita a lotação, com retirada de senhas a partir das 18h.

A série de apresentações tem periodicidade mensal e segue até agosto, sempre precedida de bate-papo com especialista. No encontro deste mês de julho, a compositora e vice-diretora da Escola de Música da UFMG, Cecília Nazaré, é quem contextualiza o público sobre a vida e obra de Isabella Leonarda – que também era monja, igualmente raro para a época.

O Música Figurata é um grupo de música antiga com vasto repertório que abrange da Renascença ao Barroco mineiro e pelo mundo. Apesar de na história ter havido várias mulheres que venceram preconceitos e se tornaram compositoras, pouco ou quase nada se fala sobre esse tema. Mais raro ainda é ver a música dessas artistas apresentadas em concerto. Neste contexto, o Musica Figurata e o Memorial Minas Gerais Vale se propõem a preencher essa lacuna realizando um série inteiramente dedicada às mulheres compositoras ou a temas que evidenciem a situação da mulher no Barroco, mostrando ao público mineiro músicas jamais apresentadas em Belo Horizonte, inéditas mesmo no Brasil.

Os primeiros dois concertos foram dedicados à Elisabeth Jacquet de la Guerre (1665-1729); o terceiro vem em homenagem à italiana Isabella Leonarda (1620-1704) e o quarto, em agosto, à heroína barroca, também italiana, Lucrezia romana (?-509 a.c.), figura mitológica frequentemente abordada pelos compositores barrocos.

O Musica Figurata é idealizado e dirigido pelo cravista Robson Bessa e conta com grandes artistas no elenco, tais como Bojana Pantovic (1º violino da Orquestra Filarmônica de MG), Philip Hansen (spalla dos violoncelos da Orquestra Filarmônica de MG), Sérgio Anders, renomado contratenor mineiro; Alberto Fernandes (Belo Horizonte – Israel), além de outros grandes artistas. (BH-Canadá- Itália). Ulysses de Paula e Letícia Leal assinam a produção do projeto.

CONCERTOS

10 de maio | quinta | 19h30: Tributo a Elisabeth Jacquet de la Guerre, A escolhida de Luís XIV- Cantatas e Sonatas. Duração 1h. Palestrante: Historiadora Cristina Ávila (30 min)

10 de junho | domingo | 11h: Tributo a Elisabeth Jacquet de la Guerre, Música de câmara para o deleite do Rei. Duração 1h. Palestrante: Cristina Ávila (30 min)

12 de julho | quinta | 19h30: Isabella Leonarda, uma monja compositora. Duração 1h. Palestrante: Cecilia Nazaré (30 min)

19 de agosto | domingo | 11h: Lucrezia Borgia no Barroco. Duração 1h. Palestrante: Cristina Ávila

Foto: Guto Muniz


Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.