Eventos

Mostra e oficina Horizonte em Foco - BH

Rua Estrela do Sul, 89

Museu da Imagem e do Som - MIS Santa Tereza

Entrada Gratuita

10, 17, 24 e 31 de agosto (sextas), de 14h às 18h


O Museu da Imagem e do Som (MIS) de Santa Tereza, em Belo Horizonte, recebe entre os dias 10 e 31 de agosto a Mostra e Oficina Horizonte em Foco. Realizado pelo grupo Estopim (UFMG) através de edital de ocupação do espaço, o evento ocorrerá nas tardes das sextas-feiras do mês, de 14h às 18h, com entrada gratuita - para receber certificado é necessário se inscrever através de formulário na plataforma Event3.

A Mostra tem como intuito debater questões pertinentes ao patrimônio, história e memória a partir do acervo do próprio MIS. Nos dois primeiros dias (10 e 17), a atividade contará com exibição de filmes produzidos entre 1920 e 1970 pelo poder público da capital mineira. Os chamados cinejornais trazem registros de temas diversos como urbanismo, transporte público, manejo de rios, carnaval e a sociabilidade cotidiana. "Para além de meros registros históricos, tais materiais permitem desvelar o discurso de desenvolvimento do poder público à época e questões diversas que atravessam a administração de Belo Horizonte desde as primeiras décadas", afirma Luiz Henrique Garcia, coordenador do grupo de estudos Estopim (UFMG), que realiza a mostra.

Tais questões levantadas pelos vídeos serão debatidas em mesa-redonda posteriormente às exibições. No primeiro dia de mostra, 10 de agosto, estarão presentes Isabel Beirigo, responsável pelo processamento técnico do acervo audiovisual do MIS - a historiadora assina parte do recém-lançado livro "História em Movimento: os cinejornais em Minas Gerais", e a professora doutora Jussara Vitória de Freitas (EBA/UFMG), do curso de Conservação-Restauração e de Museologia da UFMG, com mediação de João Marcos Veiga, mestre em História Social da Cultura pela UFMG e integrante do Estopim. Já o segundo dia de exibições e debates (17 de agosto) receberá os professores doutores Regina Helena Alves Silva (Fafich/UFMG) e Rita Lages (EBA/UFMG) e Luiz Henrique Garcia (ECI/UFMG), como mediador - os pesquisadores possuem extensa produção acadêmica sobre patrimônio, urbanismo e história.

Oficina de Fotografia

A segunda etapa da mostra focada no potencial do registro audiovisual e fotográfico para a pesquisa - tema de estudos e publicações do grupo Estopim. Assim, no dia 24 de agosto, a partir das 14h, integrantes do grupo darão uma aula sobre aspectos históricos e contemporâneos do uso de fotos e vídeos na pesquisa acadêmica e, na sequência, será ministrada uma oficina com o fotógrafo Virgílio Barros. Além de fornecer noções básicas de conceitos fotográficos, a atividade propõem um olhar sobre as relações entre a paisagem urbana, história e patrimônio. A partir disso, os participantes serão estimulados a realizar registros no próprio bairro de Santa Tereza e imediações do MIS (região conhecida pelo tensionamento destas questões), com imagens e vídeos a serem exibidosno último dia do projeto (31 de agosto).

Foto: Ricardo  Laf


Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.