Eventos

“Os homens querem casar e as mulheres querem sexo”

Rua da Bahia, 1341 - Centro, Belo Horizonte

Teatro da Cidade

31. 3273.1050

Consultar

De 14 à 30 de Setembro – Sexta e Sábado às 20h30 e Domingo às 19h


Se o resultado do sucesso está principalmente no trabalho e dedicação, o que não falta para o ator Marcelo Ricco é fôlego. São mais de 80 cidades percorridas no interior do estado e também pelo Distrito Federal e por onde passa, o espetáculo tem deixado sua marca. “Acredito que um dos fatores que mais tem levado o publico a prestigiar o espetáculo “Os Homens Querem Casar e as Mulheres Querem Sexo”, é em primeiro lugar o titulo que por sua vez é bastante instigante do ponto de vista da curiosidade sobre esta inversão de papéis, depois pela sutileza em que o tema é tratado e por último pelo o carinho e respeito que guardo por cada pessoa que esta ali sentada me assistindo”, diz Ricco .Para o público que queira conferir de perto, o espetáculo estará em cartaz no Teatro da Cidade, de 14 à 30 de Setembro, Sextas e Sábados às 20h30 e Domingos as 19h.

 

O texto é do autor carioca Carlos Simões. No palco, Marcelo Ricco é Jonas, uma figura masculina, louca para se casar. O tipo é frequentador assíduo de casamentos, de conhecidos e desconhecidos, que briga por todos os buquês.  Em meio a tantas desilusões a personagem desabafa: “Estou cansado dessas mulheres só me usarem”; “Quero alguém para dormir de conchinha”; “Eu rezo toda noite pedindo a Deus uma pessoa bacana, íntegra, companheira, que não seja mentirosa e que não suma no final de semana”. E com pouco mais de 08 anos de estrada, a montagem já foi assistida por mais 180 mil expectadores e recebeu o Prêmio de Maior público no 8º Premio – Usiminas Sinparc.

Bio Marcelo Ricco

Marcelo Ricco está com 42 anos e iniciou na carreira artística aos 25. Sua primeira participação no teatro profissional ocorreu pouco tempo depois. Em 2002, já estava nos palcos com o musical “Nas Ondas do Rádio”, onde fez 14 personagens coadjuvantes, além de cantar e dançar. Estreando com o pé direito, sua trajetória nos palcos não parou mais. “João e Maria” (2003); “Bela Adormecida” (2003); “Os Sete Gatinhos” (2005), de Nelson Rodrigues; “As Monas Lisas” de 2007 à 2010, espetáculo que lhe rendeu o prêmio de Melhor Ator Comediante / Humorista (Sesc/Sated – 2007), com a personagem Harold; “Ah, sempre te vi, mas nunca te amei” (2009), como cenotécnico; “Querido vou posar nua” (2009), como assistente de direção e “Uma aventura saborosa” (2009). Com “Os homens querem casar e as mulheres querem sexo” (2010) recebeu no 8º Prêmio USIMINAS/SINPARC, Prêmio de Maior Público do Teatro Adulto 2010/2011; “Por acaso, não caso” (2014) e “O menino mais rico do mundo” (2015), recebeu no 3º Prêmio COPASA/SINPARC, os Prêmios de Melhor Ator, Melhor Diretor e Melhor Cenário.

 

Foto: Ricco


Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.