Coberturas

O turismo de Minas Gerais aplaude a 30ª edição da Feijoada do Maranhão em BH

Amar

Dimensão Hall, 30/10/2021
Por Luiza Miranda

Muita animação, descontração e alegria coroou a sensacional 30ª “Feijoada do Maranhão”, promovida pelo empresário e fotógrafo Valdez Maranhão, que celebrou esta edição no espaço Dimensão Hall, no Mineirão, no dia 30 de outubro.  

Considerado um dos mais tradicionais eventos turísticos do calendário gastronômico e cultural de Minas Gerais, reúne pessoas de Belo Horizonte, da região metropolitana e de outros estados. Sendo que um dos atrativos da programação foi uma exposição de fotos com lembranças das feijoadas e do trabalho fotográfico de Maranhão no estádio.  

Marcaram presença no evento muitas personalidades, entre elas, o carismático carnavalesco Milton Cunha, além de imprensa de São Luiz do Maranhão, de Belo Horizonte e região. Entre as atrações musicais, que animou a pista de dança, a Banda de Samba Faixa Nobre-B, Alan e Alex, entre outros artistas. E a camiseta da feijoada tem assinatura do artista Thiago Ferreira.  

A primeira versão da feijoada aconteceu em 1991, quando o repórter fotográfico Valdez Maranhão, ao perder sua máquina fotográfica, idealizou o evento com sucesso e a partir desse momento é realizado anualmente.  

O deputado estadual e apresentador Mauro Tramonte falou sobre a relevância da feijoada nessas três décadas, dentro de vários contextos. 

“A Feijoada do Maranhão passou a ser um patrimônio de Belo Horizonte e de Minas Gerais, pois completa trinta anos de congraçamento ao proporcionar encontros, sendo realizada durante vinte e seis anos em Belo Horizonte, três anos no Maranhão e um ano em Portugal. Como presidente da comissão de turismo e gastronomia da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais, temos que apoiar porque esse acontecimento alimenta a cadeia produtiva, trazendo consequente retorno para o turismo, gastronomia, cultura e economia”.  

“O evento, que acontece em espaços distintos, a fim de ocasionar atrativos para as pessoas, como sempre está maravilhosa. Sabemos que o Maranhão não tem retorno financeiro, portanto a feijoada é uma tradição e ele dedica amor e com carinho na produção. Quando falamos em “Feijoada do Maranhão”, não relacionamos o evento apenas com comida, pois se trata de um negócio diferente, que está relacionado à afetividade e a muitos aspectos que envolvem o empreendimento. Assim, temos que apoiar e aplaudir o querido Maranhão pelos trinta anos de dedicação, visto que ele não mede esforços para atender os convidados da melhor forma possível”, concluiu Mauro Tramonte.  

Fotos: Adriana Pimenta
Image 3 Image 4 Image 5 Image 7 Image 9 Image 10 Image 11 Image 12 Image 14 Image 16 Image 18 Image 19 Image 21 Image 25 Image 27 Image 29 Image 31 Image 33 Image 34 Image 35 Image 36 Image 40 Image 42 Image 43 Image 44 Image 45 Image 46 Image 47 Image 48 Image 51 Image 52 Image 53 Image 54 Image 55 Image 56 Image 57 Image 58 Image 60 Image 61 Image 62 Image 64 Image 66 Image 67 Image 68 Image 69 Image 70 Image 71 Image 72 Image 74 Image 75 Image 77 Image 1 Image 79 Image 80 Image 81 Image 82 Image 83 Image 84 Image 85 Image 86 Image 87 Image 88 Image 90 Image 91 Image 92 Image 94 Image 95 Image 96 Image 97 Image 98 Image 99 Image 100 Image 101 Image 102 Image 103 Image 104 Image 105 Image 106 Image 107 Image 108 Image 110 Image 114 Image 115 Image 117 Image 119 Image 120 Image 122 Image 123 Image 124 Image 125

Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.