Eventos

Exposição "Marinhas d'Alma e dos Sentidos"

R. Antônio de Albuquerque, 911 - Savassi - BH

P.S. Galeria

3223 8329

Entrada Franca

15 de março a 13 de abril de 2019, em horário de funcionamento da P.S. Galeria


A artista plástica Ana Maria Guimarães realiza abertura de sua nova exposição "Marinhas d'Alma e dos sentidos", dia 14 de março (quinta-feira), às 19:00, na P.S. Galeria, onde acontecerá um coquetel para celebrar a data. 

Sobre obra de Ana Maria Guimarães

Obra pictórica em fase impressionante – de força fotogênica, telegênica e mesmo virtual, a artista e poeta Ana Maria Guimarães atinge o além do próprio intuito: retira de si a memória que se joga em ondas de Mar (profundidade); Céu (infinitude); Lua (criação imagética); Areia (diluição) e  Tempo (aprisionamento). Resultam praias misteriosas que podem ser de algum idílico local tropical, de dentro de nós mesmos (ou da artista). Sua inner luz (do dentro) aparece através de pinceladas argutas que atuam no olhar do observador como catalizadores da emoção que ondula do tranquilo ao avassalador. Na forja das fases consecutivas, Guimarães permanece silêncio que discursa. Suas telas têm efeito hipnótico, ao mesmo tempo agradável e sensual, surreal. São cores combinadas a entreter e a descansar-nos da parafernália hodierna. Na suave fase das colagens (instigada pelo professor Glauco Moraes), ela recorta, cola, retrabalha, pinta por cima e insere na paisagem agradável marinha de sua predileção. Em seguida, deixa a zona delicada e explode em obras de soltura emocional obtida a partir de cursos com mestra Susan Bello, professora norte-americana em Brasília.

Dados Biográficos - a artista plástica Ana Maria Pereira Guimarães, de Belo Horizonte, radicada em Brasília/DF (1968), iniciou-se na pintura acrílica no atelier de Lourenço de Bem, em 2000, quando fez a primeira exposição individual. Ainda em Brasília, pós-graduou-se em "Pintura Espontânea - Método de Desenvolvimento da Personalidade Criativa", e em “Síntese Transacional e Ecologia do Ser - Uma abordagem Terapêutica Transdisciplinar Holística - Categoria Arte”. Estudou técnicas de escultura do corpo com Israel Kislansky e História da Arte com Vera Pugliese (SP). Graduada em Fundamentos da Psicologia Analítica (Jung), retorna a BH no ano de 2009, e se engaja em mais estudos. A artista diz: “fizeram grande diferença em minha vida meus mestres Dra. Susan Bello e Roberto Crema. Também cito Luiz Janhel e Manuel Araújo Peres (Maneco Araujo); Glauco Moraes, Yara Tupinambá, Miguel Gontijo e Sebastião Miguel”. 

O trabalho de Ana Maria Guimarães consta do livro “Brasília Art Show/2006”; do "Anuário Arte-Atual/2010"; do tomo “Ofício Arte”; do catálogo XVII Circuito Internacional de Arte Brasileira; do Catálogo on-line de Artes Plásticas e Visuais, e da NG Arte Produtora Cultural. Está na Revista Espaço da Arte/RJ (2013), Revista Arte & Estilo/RJ - Ano 7 - Dezembro (2018) e Revista Arte e Poesia da Editora Italiamiga/RJ - 3o. Volume - Ano (2019). Premiada em Salões Nacionais e Internacionais, inova, após estudos com a americana Suzan Bello, com o trabalho terapêutico “Esculpindo o Próprio SER - A Magia do Encantamento no Resgate da Criança Divina”. Utiliza pintura, escultura, música e dança como instrumentos de ação, dividindo-se entre as artes plásticas e oficinas terapêuticas que desenvolvem a criatividade por meio da prática da observação consciente rumo ao autoconhecimento e à autotransformação além-pensamento, objetivando a revelação do Ser Interior.

Rogério Zola Santiago, Mestre em Crítica pela Indiana University, USA   

Foto: Farid Aoun 


Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.