Eventos

Peça no Teatro Raul Belém Machado reflete sobre conflitos sociais

R. Jauá, 80 - Alípio de Melo

Espaço Cênico Yoshifumi Yagi / Teatro Raul Belém Machado

(31)3277-6437

Entrada gratuita

sábado, às 19h; domingo, às 16h e às 20h


O Espaço Cênico Yoshifumi Yagi/Teatro Raul Belém Machado recebe nos dias 9 e 10 de novembro, sábado, às 19h, e domingo, às 16h e às 20h, o espetáculo “Classe”, do Grupo Mulheres Míticas. Dirigida por Sara Rojo, a montagem aprofunda a reflexão sobre utopias, desilusões e renovação dos agentes políticos. A peça foi selecionada por meio do edital CenaPlural 2019, promovido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura. A entrada é gratuita mediante a retirada de senha a partir de uma hora de antecedência.

“Classe” foi escrito e encenado pela primeira vez no Chile, em 2008, com dramaturgia e direção de Guillermo Calderón. Em 2019, após uma busca por textos de autores latino-americanos, o Grupo Mulheres Míticas decidiu montá-lo pela primeira vez no Brasil. O grupo se dedicou por um ano na montagem do espetáculo, entre tradução, pesquisas teóricas, improvisações, ensaios abertos e busca por linguagens estéticas que pudessem alimentar o universo investigado.

O Grupo Mulheres Míticas, fundado em 2014, em Belo Horizonte, investiga memórias latino-americanas para propor diálogos poéticos com o presente, construindo imagens dramatúrgicas a partir de criações autorais e também de traduções culturais. Além do espetáculo “Classe”, destacam-se as criações “Clamour + E se Eva não tivesse dentes?” (2014), indicado ao Prêmio Sinparc, na categoria Melhor Trilha Sonora, “O Deszerto” (2016), vencedor do 4º Prêmio Beagá Cool, na categoria Artes, além das leituras dramáticas “Klássico (com K)” (2018) e “Fauna” (2018).

Espetáculo Classe: sinopse

Professor e aluna permanecem na sala de aula, questionando suas próprias posturas diante da vida, enquanto todos os outros alunos foram a uma manifestação estudantil. Duas gerações que habitam o mesmo território, mas que não estão atravessadas pela mesma história.

O CenaPlural

O CenaPlural foi criado pela Prefeitura de Belo Horizonte com o objetivo de fortalecer e potencializar a produção artística nos espaços públicos, promover uma programação cultural diversa e qualificada para a população belo-horizontina, além de premiar e difundir o trabalho de artistas, coletivos e grupos locais. Os grupos selecionados vêm se apresentando desde setembro nos teatros Francisco Nunes, Marília e Raul Belém Machado, além dos centros culturais da Fundação Municipal de Cultura, ou integrando a programação de projetos especiais como o “Terça da Dança” e o “Música de Domingo”.

Foto:Raquel Carneiro


Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.