Eventos

FID BH 2018

Belo Horizonte/MG

Teatros e espaços culturais de Belo Horizonte

Consultar

De 24 de novembro a 14 de dezembro


Os 23 anos do primeiro e mais importante festival independente de Belo Horizonte, o FID Fórum Internacional de Dança, vão surpreender. Em parceria com o programa IBERESCENA, FUNARTE e MINC, o evento será uma oportunidade única de assistir a espetáculos, fóruns, lançamento de livros e outras atividades. Avançando com a proposta de 2017, da criação de outras redes, o FID 2018 dedica-se ao aprofundamento de relações de reciprocidades, colaboração, solidariedade e intercâmbios focados em países da ibero-américa.

            A programação destaca a rica produção de artistas do México, Argentina, Chile e Colômbia e de brasileiros do Distrito Federal e Minas Gerais. Além de espetáculos, o FID apresenta fóruns de discussões, reflexões e transmissão de conhecimento e saberes relacionados ao universo da dança e suas múltiplas relações. Um dos destaques do fórum será a participação da professora titular de Filosofia da UFMG, Lívia Guimarães, que vai compartilhar seu pensamento a respeito de entendimento de corpo. Outra presença que merece destaque é a de uma das figuras mais importantes na área de artes cênicas da América Latina, o colombiano Juan Pablo Ricauarte de Medellín. Ele se destaca pela atuação multidisciplinar como gestor cultural, idealizador da revista ATeatro, um dos produtores do Festival Latino Americano de Cádiz, responsável pelo Corredor Latino-americano de Teatro e pesquisador. Vale a pena ressaltar que os espetáculos também compõem a rica grade de atrações.

A artista e produtora cultural Adriana Banana, idealizadora do Fórum, compartilha a curadoria do FID com a coordenadora de comunicação do FID desde 2015, Carolina Silas; e também com a artista e gestora cultural Cristiane Oliveira, curadora convidada.  As apresentações selecionadas para o evento privilegiam a particularidade de cada uma das companhias como potência que expande a dança contemporânea a partir da região ibero-americana. A programação contará com ações gratuitas e outras com valor social, variando de R$ 2,00 a R$ 10,00.

Dança como plataforma de integração, cooperação e internacionalização

Desde a edição do ano passado, o FID trabalha pelo fortalecimento de sua plataforma para a internacionalização e incentivo à circulação de saberes, bens e serviços relacionados à dança no âmbito de Minas Gerais, Brasil e América Latina. E sua atuação segue crescendo a cada ano. Prova disso são as apresentações e convites que o FID recebeu. Todos eles resultantes da edição de 2017. Artistas mineiros já estiveram no Uruguai, Colômbia e outros países parceiros este ano. Além disso, já está em curso a cooperação técnica e artística entre Equipe do FID e do festival ENDANZANTE, da Colômbia. E já há programação prevista para 2019: o acervo de vídeos do FID, a FIDoteca, vai circular por Medellín, na Colômbia.

Outros destaques que reforçam a importância do FID são a apresentação de artistas brasileiros indicados para o festival ENDANZANTE de 2019; a realização de publicação com coordenação dos dois festivais e participação dos parceiros destes dois (eventos e organizações do Uruguai, Paraguai, Mali, Chile, Haiti, Suíça e de diversos Estados do Brasil, além das apresentações de outras companhias de dança da Colômbia no FID 2019).

Sobre o Festival Internacional de Dança

O FID se destaca como o mais importante espaço de produção, debate e difusão da cadeia produtiva da dança, por onde circulam relevantes obras de artistas nacionais e internacionais. É reconhecido ainda por ter revolucionado a dança no Brasil ao trazer espetáculos audaciosos, como a Candoco Dance Company (Reino Unido) composta por cadeirantes, que foi uma das atrações da edição de 1996. 

“Nesta edição, o foco será na difusão da dança como ferramenta estratégica de compartilhamento da cultura entre países ibero-americanos. A proposta do FID’18 é mostrar que a dança também pode contribuir de forma determinante para o desenvolvimento social em um mundo mais tolerante, equitativo, sustentável e humano”, destaca Caroline Silas.

Foto: Divulgação 


Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.