Notícias

Galpão 40 anos no Centro Cultural Unimed-BH Minas

Das mais importantes trupes de teatro do país, o Grupo Galpão, celebra 40 anos e promove programação completa no Centro Cultural Unimed-BH Minas

O Grupo Galpão, uma das mais importantes trupes de teatro do Brasil, celebra 40 anos em 2022. Para celebrar o marco, o Teatro do Centro Cultural Unimed-BH Minas recebe duas peças o repertório do Grupo, “Till, saga de um herói torto”, dia 24/7, sexta-feira, às 21h, dia 25/7, sábado, às 18h e 21h, e dia 26/7, às 19h, classificação livre. O espetáculo “Nós” será apresentado nos dias 30/6, quinta-feira, 1º e 2/7, sexta e sábado, às 21h, e 3/7, domingo, às 19h, classificação é de 16 anos. Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteria do Teatro ou no site eventim. O Grupo Galpão conta com o Patrocínio Master do Instituto Cultural Vale, Patrocínio da Cemig e Apoio do banco BV e AngloGold Ashanti por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. É obrigatório o uso de máscara em ambientes fechados.

Sobre Till, a saga de um herói torto

Um dia, na eternidade, o Demônio aposta com Deus que se tirasse do homem algumas qualidades, ele cairia em perdição.  Deus, aceitando o desafio, resolve trazer ao mundo a alma de Till. Vivendo em uma Alemanha miserável, povoada de personagens grotescos e espertalhões, logo de início o protagonista é abandonado em meio ao frio e a fome e descobre que a única maneira de sobreviver naquele lugar é se tornar ainda mais esperto e enganador. Assim começa sua saga cheia de presepadas e velhacarias.

A peça tem com texto de Luis Alberto de Abreu e direção de Julio Maciel, Till é a peça escolhida pelo Galpão para celebrar o reencontro presencial com o público de Belo Horizonte. Primo distante de Macunaíma, Till é um personagem criado pela cultura popular alemã da Idade Média. Ele é típico anti-herói cheio de artimanhas e dotado de um irresistível charme. O espetáculo não conta somente a história de Till, outros vários personagens medievais passeiam pelo palco como a epopeia de três cegos andarilhos que buscam a redenção, sonhando alcançar as torres de Jerusalém e salvar o Santo Sepulcro das mãos dos infiéis. A peça se mostra bastante atual no momento em que coloca à baila a história de um excluído da sociedade.

No palco, estão os atores Antonio Edson (Borromeu / Povo / Anão), Beto Franco (Parteira / Português / Padre / Camponês / Miserável), Eliseu Custódio (Demônio / Parteira / Camponês / Voz do Soldado), Eduardo Moreira (Doroteu / Juiz / Povo), Inês Peixoto (Till), Lydia Del Picchia (Parteira / Consciência / Cozinheira / Menino / Camponesa), Simone Ordones (Alceu / Povo) e Teuda Bara (Mãe / Miserável).

Sobre “Nós”

Enquanto preparam a última sopa, sete pessoas partilham angústias, algumas esperanças e muitos nós. A montagem debate questões atuais, como violência e intolerância, a partir de uma dimensão política. A peça foi considerada pelo jornal O Globo como um dos melhores espetáculos de 2016.

O espetáculo foi gerado a partir de um mergulho radical na experiência do grupo. No palco, os atores Antonio Edson, Beto Franco, Eduardo Moreira, Júlio Maciel, Lydia Del Picchia, Paulo André e Teuda Bara promovem noções de proximidade e convivência. Proximidade entre ator e espectador, cena e plateia, ator e personagem, ser-social e ser-poético, realidade e ficção. Pontes entre teatro, performance, música e literatura. E, ainda, entre as dimensões do que é privado e o que é público, do que está dentro e do se apresenta fora. “Nós” propõe uma encenação que afirma a convivência com o público, no momento da apresentação, como elemento dramatúrgico, e ao mesmo tempo, sua presença, como ato criativo.

Oficina de Teatro

Além dos espetáculos “Till, a saga de um herói torto” e “Nós”, nos dias 27, 28 e 29/6, terça, quarta e quinta-feira, das 19h às 22h, nas sala Multimeios I do Centro Cultural Unimed-BH Minas, o Grupo Galpão oferecerá uma oficina “Convite ao Teatro – o Jogo como Fundamento” que tem como objetivo desenvolver a percepção sobre a importância de conceitos como jogo e presença no trabalho do ator, baseando-se numa série de exercícios desenvolvidos ao longo de 40 anos de atividades do Grupo Galpão, em múltiplos e diversificados encontros com importantes artistas. O espaço, o tempo, a relação entre corpo e voz, a comunicação e a presença como princípios norteadores da criação individual e coletiva do teatro.

A oficina, que terá 9h de carga horária, será realizada durante três dias e é dedicada a atores, estudantes, educadores e pessoas interessadas em teatro. Nas aulas, os alunos terão aulas teóricas e farão exercícios físicos, sendo necessário o uso de roupas confortáveis, caderno e caneta. A classificação é 18 anos. As inscrições deverão ser feitas pelo site da Sympla.

Galpão em livro

No dia 7/7, quinta-feira, entre 19h e 21h, será lançado no Café do espaço público do Minas dedicado à cultura, o Centro Cultural Unimed-BH Minas, o livro "Grupo Galpão - tempos de viver e de contar", de Eduardo Moreira, ator do grupo. Os atores da trupe estarão presentes no evento. A entrada é gratuita e a classificação é livre (limite de público sujeito à lotação do espaço).

 No Cinema

Os quarenta anos do Grupo Galpão também serão comemorados no Cinema do Centro Cultural Unimed-BH Minas, na sala 2. Nos dias 1º e 2 de julho, sexta e sábado, serão exibidos documentários e curtas que fazem parte da história da trupe.

Dia 1º/7 – sexta-feira – 20h10

PARTIDA DE VÔLEI À SOMBRA DO VULCÃO
Curta-metragemDireção: Clarissa Campolina e Fernanda ViannaEstreia: 2021 | Classificação: 12 anos | Duração: 39’ | BrasilSinopse: Hipnotizada pela imagem de um vulcão ativo do outro lado do mundo, uma mulher parte ao encontro de sua fúria. No caminho, sem conseguir voltar, ela se descobre em uma gravidez extraordinária, começando o relato da viagem que dá forma a esta peça-filme, jornada entre o teatro e o cinema inspirada nas narrativas do realismo fantástico. 

MOSCOU
DocumentárioDireção: Eduardo CoutinhoEstreia: 2009 | Classificação: Livre | Duração: 77’ | BrasilSinopse: Em Belo Horizonte o Grupo Galpão aceitou o desafio de montar, ao longo de três semanas de ensaios, a peça teatral "As Três Irmãs", de Tchekhov. Com um detalhe: a peça jamais será apresentada ao público. O documentário registra os ensaios e os exercícios cênicos realizados pela trupe, questionando as fronteiras e os limites entre realidade e ficção.

Dia 2/7 – sábado – 10h

A primeira perda da minha vida
Curta-metragemDireção: Inês PeixotoEstreia: 2021 | Classificação: livre  | Duração: 24’| BrasilSinopse: Ao se deparar com uma menina chorando, Kafka descobre que ela perdeu sua boneca. Ele resolve consolá-la, inventando a história de que a boneca saiu para viajar e que ele seria o portador das cartas contando suas aventuras. Embora não se saiba se essa história de fato aconteceu, ela é um extraordinário exemplo da capacidade que a ficção e a empatia humana têm de curar feridas. A primeira perda da minha vida realiza um mergulho poético no mundo do cinema e do teatro, por meio das cartas de uma boneca perdida. As filmagens feitas no teatro do Galpão Cine Horto fundem as duas linguagens, num exercício de profunda fantasia e imaginação.

Após o filme será realizado um bate-papo com Inês Peixoto, atriz e diretora do filme.

Dia 2/7 – sábado – 20h15

FOGO FÁTUO
DocumentárioDireção: Eduardo Moreira e Luiz Felipe FernandesEstreia: 2021 | Classificação: livre | Duração: 50’ | BrasilSinopse: O vídeo, dirigido por Eduardo Moreira e Luiz Felipe Fernandes, retrata particularidades do processo de criação desenvolvido pelo Grupo Galpão ao longo de quase 40 anos de existência da companhia mineira.

A GENTE PODE TUDO PELO MENOS POR ENQUANTO
WebdocumentárioDireção: Luiz Felipe FernandesEstreia: 2020| Classificação:12 anos | Duração: 112’ | BrasilSinopse: Em 6 capítulos, mostra, de forma não linear, o processo de criação da peça OUTROS (2018), parceria com o encenador Marcio Abreu.

Serviço: Grupo Galpão 40 anos

Till, a saga de um herói torto
Data: 24, 25 e 26 de junho de 2022de junho, de 2022
Horário: sexta-feira, 21h, sábado, 18h e 21h, domingo, 19h
Classificação: livre
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

COMPRE AQUI
COMPRE AQUI
COMPRE AQUI
COMPRE AQUI

Nós

Data: 30 de junho, 1º, 2 e 3 de junho de 2022
Horário: quinta, sexta e sábado, ás 21h, domingo, 19h
Classificação: 16 anos
Ingressos: R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

COMPRE AQUI
COMPRE AQUI
COMPRE AQUI
COMPRE AQUI

Oficina “Convite ao Teatro – o Jogo como Fundamento”

Data: 27, 28 e 29 de junho de 2022, terça, quarta e quinta-feira
Horário: 19h às 22h
Local: Sala Multimeios I
Classificação: 18 anos
Ingressos: gratuitas no site da Sympla

Horário de funcionamento da bilheteria: de segunda a sábado, das 13h às 19h. A bilheteria funciona até 30 minutos depois do início do espetáculo. Formas de pagamento: dinheiro e todos os cartões de débito e crédito.

Horário de abertura da plateia para entrada do público: 30 minutos antes do horário da apresentação.

Mais informações: (31) 3516-1360.

Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro. Após estacionar o veículo, o usuário chega ao Teatro por elevador interno, com rapidez e segurança.  O Estacionamento fica aberto até meia hora após o fim do espetáculo. 

Siga as redes sociais oficiais da Cultura do Minas:

Facebook: /mtccultura
Instagram: @mtccultura

Foto: Divulgação

Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.