Notícias

Teatro Marília recebe festival de artistas e realizadoras mulheres

A programação conta com espetáculos, shows, performances, residências, mesas-redondas e outras atividades que valorizam o protagonismo feminino.

O Teatro Marília recebe, de hoje, 11 de setembro, até domingo, dia 15, O Levante! - Festival Internacional de Mulheres em Cena. Em sua primeira edição, com apoio de parceiros e financiamento coletivo, o festival reúne trabalhos na área de artes cênicas de mulheres brasileiras e originárias do Uruguai, México, Reino Unido, Turquia e Canadá. Visa discutir o pensamento e a condição existencial da mulher contemporânea, além de valorizar a representatividade feminina à frente da criação artística. Os ingressos dos espetáculos podem ser adquiridos por R$20 (inteira) e R$10 (meia) e as mesas-redondas têm entrada gratuita.

“O Levante!” é realizado pelo O Trem Companhia de Teatro e foi idealizado pela atriz, diretora e dramaturga Livia Gaudencio, que também faz a curadoria. O evento integra o The Magdalena Project, uma rede em prol da visibilidade do empenho artístico das mulheres, criada em 1986 no Reino Unido, e que já inspirou iniciativas desse tipo em mais de 12 países. Constituindo-se como espaço de troca, visibilidade e sustentação da arte feita “de, por e para” mulheres de diferentes regiões do mundo, o festival se iniciou no dia 9 de setembro, segunda-feira, e acontece em outros 10 espaços de Belo Horizonte, além do Teatro Marília, que recebe as atrações a partir de hoje, dia 11, quarta-feira, até o dia 15, domingo. A programação completa pode ser conferida no site www.olevante.com .

Na programação do Teatro Marília, o público poderá assistir a obras internacionais, como a performance “The Numbers Increase As We Count...”, de Ulfet Sevdi, escritora, diretora e dramaturga da Turquia que, atualmente, mora em Montreal, no Canadá. A performance fala sobre vítimas de tráfico sexual após o início da guerra EUA-Iraque e a ocupação do Iraque depois; o show musical “Eu Você Um Nó”, de Lara Aufranc, de São Paulo, com as participações de Julia Branco e Sara Não Tem Nome, de Belo Horizonte; o espetáculo “A Receita”, da artista e professora Nana Sodré, direto de Recife, Pernambuco, uma obra tragicômica que descreve o universo de uma mulher num processo de libertação; entre outras atividades e atrações.

Foto: Régis Kraeski

Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.