Notícias

Rota Lund, importante percurso cultural e turístico da região metropolitana de BH, ganhará projeto de sinalização

A nova sinalização está dentro das ações de concessão da Rota através do Programa de Concessão de Parques Estaduais (Parc) e integra o Programa Reviva Turismo

A secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult) e o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico (Iepha-MG) receberam o Projeto Executivo da Sinalização Indicativa da Rota das Grutas Peter Lund, localizada na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A entrega foi feita pela Associação Circuito Turístico das Grutas – Instância de Governança Regional das Grutas, que revisou todo o projeto, sem custos aos cofres públicos.

A nova sinalização está dentro das ações de concessão da Rota através do Programa de Concessão de Parques Estaduais (Parc) e integra o Programa Reviva Turismo, que a Secult coordena para dar impulso à retomada sustentável, gradual e segura das atividades turísticas, com base em quatro eixos: biossegurança, estruturação, capacitação e marketing do destino Minas Gerais.

Os recursos para a sinalização da rota, que compreende os municípios de Belo Horizonte, Lagoa Santa, Sete Lagoas e Cordisburgo, estão assegurados pelo Ministério do Turismo. Para executar as melhorias, era necessário a revisão do projeto de sinalização, desatualizado desde 2013.

A sinalização irá indicar os atrativos relacionados a Rota das Grutas, nas cidades de Lagoa Santa, Pedro Leopoldo, Sete Lagoas e Cordisburgo, contemplando todos os atrativos. O investimento previsto é de R$ 960 mil, em 124 placas de orientação e informativas. Os próximos passos são a liberação do valor e o lançamento da licitação para a contratação dos serviços de implantação da sinalização turística. A doação do Projeto de mais de 400 páginas foi feita com o objetivo de acelerar o processo de retomada e valorização do território da Rota Lund e garantir a execução da obra de Sinalização.

A entrega do projeto de sinalização foi feita pelas representantes da IGR Grutas, Mariela Janice França Teodoro e Adriana Ferreira, ao secretário Adjunto de Cultura e Turismo Estado de MG, Bernardo Silviano Brandão. “Consideramos esta doação da IGR Grutas e dos municípios associados um grande passo na consolidação da parceria da IGR Grutas com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, frente as ações de desenvolvimento do território do Circuito das Grutas, dada a sua importância para a cultura e o turismo em Minas, e uma vez que a primeira concessão do projeto Parc no Governo Romeu Zema foi exatamente a Rota Lund”, afirmou Brandão.

Programa Parc

O Parc é coordenado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e pelo Instituto Estadual de Florestas, com a cooperação das Secretarias de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e de Infraestrutura e Mobilidade.

A Rota das Grutas Peter Lund foi a primeira concessão pública de atividades de ecoturismo e visitação dentro do Parc. O Consórcio Gestão Parques MG – Urbanes – B21 será responsável por um investimento de R$ 12 milhões em melhorias estruturais e reformas dos espaços que integram a Rota das Grutas Peter Lund, conjunto de três unidades de conservação gerenciadas pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF).

Com o modelo de concessões, o Parc tem como objetivo aprimorar e diversificar os serviços turísticos oferecidos nas unidades de conservação estaduais, garantindo o aproveitamento sustentável das potencialidades econômicas existentes, além de mais eficiência na gestão e na conservação da biodiversidade.

 

Foto: Circuitodas Grutas / Divulgação

Selecionamos os melhores fornecedores de BH e região metropolitana para você realizar o seu evento.